BLOG COOPERFORTE
  • Cooperativismo

Publicado em Cooperativismo , dia 10 de novembro de 2014

Gentileza gera gentileza. E muito mais

Por: Cooperforte

blog_cooperforte_gentileza

“Gentileza gera gentileza”, dizia José Datrino, ou melhor, Profeta Gentileza, personalidade que ficou conhecida nas ruas cariocas por suas mensagens pintadas nas pilastras do Viaduto do Caju e por suas incansáveis manifestações de gentileza. Atualmente pode-se comprovar, na ciência e na prática, que os ensinamentos do “Profeta” estavam corretos.

A prova científica vem de uma das principais instituições de ensino do mundo, a Universidade de Harvard, onde o pesquisador Sam Bowles analisou sociedades antigas e constatou que a gentileza era componente fundamental para a sobrevivência delas. O resultado do estudo comprovou que a cooperação e a solidariedade deixavam os indivíduos mais felizes e garantiam bem-estar, possibilitando-lhes uma vida melhor.

Atualmente, a comprovação prática dos benefícios da gentileza pode ser constatada através do movimento A Corrente do Bem. Criado em 2007 pelo australiano Blake Beattie, tem como objetivo estimular as pessoas a praticarem atitudes gentis.

No Brasil, esta corrente,  organizada por uma agência de comunicação, recebeu o nome de A vida é + gostosa com gentileza. Logo no ano de sua estreia no país, 2011, a ação conseguiu  mobilizar mais de 1 milhão de pessoas.

A gentileza multiplica boas atitudes e contagia por onde passa, deixando nas pessoas sentimentos de bondade que se espalham infinitamente. Não acredita? Então veja este vídeo


Fique ligado

-Gentilezas cotidianas não custam nada e valem muito

  • Cooperativismo

Publicado em Cooperativismo , dia 25 de outubro de 2014

Doação de sangue: solidariedade, da veia ao coração

Por: Cooperforte

shutterstock_125664989 (1)

Dizem que o individualismo está presente em quase tudo no mundo atual, mas mesmo assim é grande, e crescente, o número de pessoas que desejam participar de projetos sociais. Pena que nem todas conseguem fazer isto, por falta de tempo e / ou de recursos para doações materiais e financeiras.

Mas existem outras formas solidárias de contribuir para um mundo melhor, entre elas a doação de sangue.  Ser doador é um ato generoso, cooperativo e fundamental para a recuperação da saúde de pessoas que, pelos mais diversos motivos, necessitam de transfusões.

 

Para doar sangue, não é preciso quase nada, a não ser:

▶ Estar em boas condições de saúde

▶ Pesar mais de 50 quilos

▶ Não ter ingerido bebida alcóolica há menos de 12 horas

▶ Não ter feito tatuagem ou piercing há menos de 12 meses

▶ Atender aos outros requisitos descritos aqui

 

O procedimento de doação é seguro, simples e rápido: dura em média 50 minutos. Ao contrário do que muitos pensam, não deve ser feito em jejum, recomendando-se apenas que a refeição anterior não contenha alimentos gordurosos. Do mesmo modo, doar sangue uma vez não cria necessidade de outras doações. Mas sempre proporciona ao doador grande satisfação humanitária.

 

Para saber mais sobre os mitos que envolvem este assunto e temas afins, acesse:

 

Mitos da doação

Gentilezas cotidianas

 

  • Cooperativismo

Publicado em Cooperativismo , dia 23 de outubro de 2014

O mundo, unido, jamais será vencido

Por: Cooperforte

shutterstock_208327288

Se o mundo é um só, por que os países não podem viver em paz, como bons vizinhos, que se respeitam e se ajudam mutuamente para o desenvolvimento e para o bem-estar de todos? Esta é a pergunta que move a Organização das Nações Unidas – ONU, nas suas ações para reafirmar a fé nos valores e direitos fundamentais do homem e das nações, cuidando para que prevaleçam sempre a justiça, o respeito e a tolerância entre os povos.

Para dar destaque a tão importante atuação, foi instituído que o dia 24 de outubro é o Dia das Nações Unidas – ONU e em torno desta data se realizam importantes atos comemorativos.

Mas como o mundo é um só, ele é também de todas as pessoas que nele vivem. Assim, cabe a todas elas cuidar para que este bem coletivo que é o planeta não sofra tanto pela ação humana. Afinal, quanto mais esgotado estiver o meio ambiente, mais prejudicada e difícil estará a vida sobre a Terra.

Pensando assim, ninguém pode fugir da responsabilidade de fazer a sua parte, inclusive lembrando que nem todos os recursos naturais são renováveis. Pelo contrário, muitos são os que, uma vez esgotados, jamais serão recompostos.

 

O que você pode fazer?

Todos sabemos o alto preço que o crescimento urbano e populacional e o desenvolvimento industrial cobram do meio ambiente, em geral sem recompor, com ações reparatórias, os prejuízos que causa. Daí a importância de que, tanto individualmente quanto em comunidade, se adotar atitudes sustentáveis no dia a dia, entre elas:

 

. Sempre que possível, utilize ônibus, metrô ou bicicleta nos deslocamentos urbanos. No caso de carro particular ou táxi, ofereça ou peça carona. Agindo assim, além da economia ecológica, você estará racionalizando também o uso de espaço no trânsito*, que nas cidades grandes é cada vez mais disputado.

. Evite desperdícios, pois todo processo industrial tem, em maior ou menor nível, custo ambiental. No caso de alimentos, os números são críticos: segundo a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação – FAO, cerca de 30% dos alimentos são desperdiçados, ao mesmo tempo em que 1/8 da população mundial não tem acesso a alimentação regular.

 

*Veja, no quadro abaixo, o espaço ocupado no trânsito por uma pessoa, considerando diferentes  veículos e sua lotação.

Grafico

Fique por dentro

Para saber mais sobre o custo ecológico da produção industrial,  acesse http://blog.cooperforte.coop.br/dia-mundial-do-meio-ambiente-a-historia-das-coisas/

Para conhecer o estatuto da ONU, acesse http://www.onu.org.br/docs/carta_da_onu.pdf

  • Cooperativismo

Publicado em Cooperativismo , dia 16 de outubro de 2014

Cooperativismo de Crédito: desenvolvimento sem fronteiras

Por: Cooperforte

diainternaccoop

Serviço local, bem global. Este é o tema do Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito, comemorado sempre na terceira quinta-feira do mês de outubro, em 2014 dia 16. Com este slogan, o Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito – WOCCU busca destacar, com ampla visibilidade, o impacto positivo que as cooperativas de crédito promovem em escala mundial.

A data é comemorada desde 1948, com o objetivo de valorizar o Cooperativismo de Crédito, pela importância deste segmento cooperativista para a inserção financeira de milhões de pessoas em todos os continentes. Com sua atuação, as cooperativas de crédito exercem papel relevante no desenvolvimento de muitas nações.

Para avaliar a grandeza do Cooperativismo de Crédito nacional, basta considerar que as cooperativas de crédito estão presentes em aproximadamente 95% dos municípios brasileiros. Em muitas pequenas cidades são, inclusive, a única instituição financeira existente, conforme  dados da Organização das Cooperativas Brasileiras – OCB. Elas beneficiam cerca de 6,5 milhões de brasileiros, democratizando o crédito de acordo com a realidade e as necessidades dos cooperados. Além disto, promovem a educação financeira, orientando os associados quanto a importância do controle e equilíbrio de suas finanças.

Também segundo a OCB, existem no Brasil 1.154 cooperativas de crédito, que geram mais de 45 mil empregos diretos e movimentam grandes recursos: R$ 110 bilhões de ativos e R$ 50 bilhões em depósitos.

Para saber mais sobre o Cooperativismo e Cooperativismo de Crédito clique aqui 

  • Cooperativismo

Publicado em Cooperativismo , dia 11 de setembro de 2014

O Cooperativismo em letras e números

Por: Cooperforte

cooperforte_130330691 (1)

Por mais que as novas tecnologias tragam alternativas inovadoras para se chegar ao conhecimento, a leitura não perdeu sua importância como um caminho eficaz para quem busca atualização e aprimoramento intelectual.

O Cooperativismo, por exemplo, de algum modo está presente na vida de mais da metade da população mundial, porém poucos conhecem sua história, que começou em 1846, na Inglaterra. O movimento se espalhou por todos os continentes e, segundo o líder cooperativista Roberto Rodrigues, hoje “é o exército da democracia e da paz”1.

Contribuindo para a difusão do Cooperativismo, por meio de uma leitura simples, dinâmica e acessível, o Blog Cooperforte sugere as seguintes obras:

 

O que é Cooperativismo (Rios, Gilvando Sá Leitão)

Integrando a coleção Primeiros Passos, o livro faz uma relação do Cooperativismo com movimentos sociais surgidos a partir dos anos 50: movimento hippie, new wave, dark, punk, pós-moderno, entre outros. Sua proposta é provocar uma reflexão sobre as ideologias que virão daqui para frente.

Associativismo e Cooperativismo – Como a união de pequenos empreendedores pode mudar o mundo (José Abrantes)

Apresenta o Cooperativismo como um sistema que aproveita o melhor do capitalismo e do socialismo, trazendo reflexões interessantes sobre as três ideologias.

Sustentabilidade e Cooperativismo (Edson de Oliveira Braga Filho)

Nesta obra, o autor apresenta os principais temas tratados no I Congresso Internacional do Instituto Brasileiro de Pesquisas e Estudos Ambientais e Cooperativos (IBPEAC), em doze estudos e documentos sobre sustentabilidade e cooperativismo.

Cooperativismo Financeiro: Percurso Histórico, Perspectivas e Desafios (Ênio Meinen e Márcio Port)

O livro desdobra e aprofunda os principais temas tratados na obra O cooperativismo de crédito ontem, hoje e amanhã, atualizando referências e números do do Cooperativismo no Brasil e no mundo.

 

…………………………..

Fique por dentro

Cooperativismo em livros

A Confederação Brasileira das Cooperativas de Crédito – Confebrás possui em sua livraria eletrônica, para venda, uma série de livros sobre Cooperativismo, que você pode conhecer e adquirir em http://www.confebras.coop.br/

A Cooperforte também apresenta algumas sugestões de leitura em http://www.cooperforte.org.br/portal/cooperativismo/divulgacao.html

(1)http://www.cooperforte.coop.br/portal/jornal/arquivos/jornal_61.pdf

  • Cooperativismo

Publicado em Cooperativismo , dia 10 de julho de 2014

Dia Internacional do Cooperativismo 2014

Por: Cooperforte

Neste último sábado, dia 4 de julho, comemorou-se o Dia Internacional do Cooperativismo. A data foi criada há 92 anos pela Aliança Cooperativa Internacional, visando propagar, mundialmente, a importância das cooperativas para o bem-estar econômico e social de todas as nações. Em 2014, destaca, especialmente, o desenvolvimento sustentável gerado pelo segmento cooperativista.

O tema Cooperativas conquistam desenvolvimento sustentável para todos chama a atenção para um aspecto muito relevante: além de sua filosofia democrática e igualitária, o Cooperativismo é o modelo mais adequado para desenvolver e construir a sustentabilidade no século 21. Por considerarem que o interesse pela comunidade é um dos valores fundamentais do Cooperativismo, salvaguardar, de forma sustentável, condições de vida favoráveis para as comunidades é a base das ações e da visão de todas as cooperativas.

Sobre o tema do Dia Internacional do Cooperativismo 2014, nas palavras da Aliança Cooperativa Internacional, “as cooperativas são precursoras da sustentabilidade moderna e, ao se concentrarem nas necessidades humanas, respondem à crise da sustentabilidade atual e oferecem uma forma peculiar de valor compartilhado“.

  • Cooperativismo

Publicado em Cooperativismo , dia 4 de julho de 2014

O Cooperativismo e suas memórias

Por: Cooperforte

Datas comemorativas existem para “refrescar a memória” da sociedade sobre fatos que mudaram os rumos da história. Assim surgiu o Dia Internacional do Cooperativismo, conhecido também como o Dia da Cooperação. Comemorado no sempre no primeiro sábado de julho, foi instituído há 92 anos, pela Aliança Cooperativa Internacional – ACI.

Veja abaixo uma lista de publicações do Blog Cooperforte que reforçam a importância do movimento cooperativista, desde seu surgimento até os dias atuais. Vamos relembrar?

O Cooperativismo moderno: http://bit.ly/VDukD3

Nosso símbolo: http://bit.ly/1qhJAAC

A história do Cooperativismo brasileiro: http://bit.ly/1olUdRj

Certa de que o Cooperativismo é um movimento de sucesso a sociedade dissemina seus conceitos em diversas áreas, como se pode ver nesta outra publicação do Blog Cooperforte: http://bit.ly/1iwd73X

É por tudo isso que a Cooperforte saúda o Dia Internacional do Cooperativismo, divulgando suas vitórias e memórias.