BLOG COOPERFORTE
  • Atualidades

Publicado em Atualidades , dia 6 de maio de 2015

Como surgiu o Dia das Mães?

Por: Cooperforte

topo_maesblog

O Dia das Mães, assim como  outras datas comemorativas, é marcado pela troca de presentes e expressões de carinho e gratidão. Entretanto, a data instituída no Brasil em 1932 pelo presidente Getúlio Vargas, possui uma história anterior, bem diferente da que hoje conhecemos.

Sua origem nos leva a 1850, nos Estados Unidos, quando Ann Reeves Jarvis, uma mulher de meia idade, fundou clubes de trabalho, que funcionavam nos denominados “dias das mães”. Nestes dias, eram as mães que iam ao trabalho, e não os homens, como era o padrão daquela época. A ideia era diminuir a mortalidade infantil e melhorar as condições sanitárias.

Estes mesmos grupos cuidavam de soldados feridos durante a Guerra de Secessão (1861-1865). Para manter as mães participantes sempre motivadas, Ann realizou uma programação recreativa que incluía piqueniques mas também incentivava as mães a se interessarem por política e cidadania.

Ann morreu em 1905, mas seu legado foi mantido e expandido pela sua filha, Anna Jarvis, que, além de manter o projeto cidadão de sua mãe, deu à data o caráter de homenagem. No Dia das Mães, os filhos prestariam homenagens de gratidão e reconhecimento às mães, pela dedicação e carinho que elas devotam à família.

Não tardou e o comércio viu, naquela data comemorativa, a oportunidade para aumentar suas vendas.  Assim, disseminou a ideia de que a melhor forma de expressar sentimentos era por meio de um presente, contrariando o que imaginara Anna, quando instituiu o dia de homenagens.

Afinal, amor e carinho valem mais do que qualquer presente!