BLOG COOPERFORTE
  • Atualidades

Publicado em Atualidades , dia 27 de abril de 2015

Há quase cem anos, Dia do Trabalho festeja lutas e conquistas

Por: Cooperforte

topo_trab

Primeiro de maio é feriado mundial, quando a maioria dos países comemora o Dia do Trabalho ou Dia dos Trabalhadores. Um dia de folga em reconhecimento à contribuição que os trabalhadores prestam, por meio de seu esforço, para o bem-estar e para o desenvolvimento da sociedade.

Mas a história deste feriado não começa com comemoração. Pelo contrário, ele está ligado a várias manifestações que durante anos reivindicaram melhores condições de trabalho. A pioneira aconteceu em primeiro de maio de 1886, quando trabalhadores americanos de Chicago mobilizaram-se pela redução da jornada de trabalho para 8 horas. Isto resultou em uma greve geral nos Estados Unidos e em conflitos de trabalhadores com policiais que resultaram em muitas mortes.

Valorizando o movimento de Chicago, três anos depois, em 1889, os franceses escolheram primeiro de maio como seu “dia da manifestação anual pela jornada de trabalho de  8 horas”. Reprimida violentamente pela polícia, a manifestação de 1891 terminou com dez mortes.

Entretanto, os trabalhadores franceses continuaram se manifestando naquela data, até que, em 1919 – trinta e três anos depois dos confrontos de Chicago – o senado da França aprovasse em lei a jornada de trabalho de 8 horas. Na ocasião, o senado francês proclamou primeiro de maio o Dia Nacional dos Trabalhadores.

No Brasil, o Dia do Trabalho começou a ser comemorado na era Getúlio Vargas (1930-1945), com festas e desfiles. Aproveitando a data para aumentar sua popularidade, durante vários anos, o presidente da República anunciava, no dia primeiro de maio, o aumento do salário mínimo e outras conquistas trabalhistas. Como por exemplo a Consolidação das Leis de Trabalho-CLT, em 1943.