BLOG COOPERFORTE
  • Atualidades

  • Negócios

Publicado em Atualidades, Negócios , dia 15 de setembro de 2014

Na internet, proteção e privacidade não fazem mal a ninguém

Por: Cooperforte

images

Segurança, todo mundo quer. Atualmente, não só a segurança física, mas também proteção digital. Não são raros os casos de celebridades que tiveram e têm a intimidade exposta ao público pela ação criminosa de pessoas que tiveram acesso clandestino às suas senhas ou violaram seus arquivos eletrônicos.  Além de fotos comprometedoras, dados pessoais e financeiros são os alvos preferidos. Daí a importância de proteger seus equipamentos e dispositivos móveis com antivírus e tomar cuidados que dificultem o acesso de terceiros mal-intencionados.

Com isto, privacidade hoje está na ordem do dia, considerando o uso cada vez mais frequente de geolocalizadores, que identificam a área onde o celular está, e de outros recursos que, por meio de algoritmos, estimam o perfil do usuário, a partir de sua navegação e até de palavras que ele usa com frequência em suas mensagens e arquivos.

A própria publicação de fotos pessoais nas redes sociais -  quando por demais “despreocupadas” – pode ser um caminho para exposição descontrolada da imagem dos “modelos”. E derivar várias interpretações que podem comprometer, inclusive, a carreira profissional do fotografado.

Sabendo disto, nada melhor do que seguir as dicas divulgadas no site da Semp Toshiba. Então, vamos lá:

- Faça sempre logout – Quando afastar-se do computador, bloqueie ou desligue o equipamento. Sem isso, seu login e senha podem ser acessados por qualquer pessoa que venha a usar aquele computador.

- Instale antivírus – É proteção fundamental contra ameaças mais diversas: vírus maliciosos, invasões e outras.

- Proteja seus dispositivos móveis – Os cuidados acima valem também para smartphones, tablets e outros dispositivos móveis.

- Seja cuidadoso – Tenha certeza da procedência e da segurança dos programas e aplicativos que você baixa em seu celular. E fique atento às permissões e dados que são solicitados.

- Vasculhe as redes sociais – Leia instruções, contratos e sobretudo as configurações referentes a privacidade. Definir quem pode ver suas fotos e posts é uma das formas de ficar menos exposto nas redes sociais.

VOCÊ SABIA?

A Lei 12.737/2012 considera crime a “invasão de dispositivo informático alheio, conectado ou não à rede de computadores, mediante violação indevida de mecanismo de segurança e com o fim de obter, adulterar ou destruir dados ou informações sem autorização expressa ou tácita do titular do dispositivo ou instalar vulnerabilidades para obter vantagem ilícita”.

A pena é detenção de 3 meses a 1 ano, além de multa. Apelidada Lei Carolina Dieckman, foi proposta e aprovada quando a atriz foi vítima de uma situação constrangedora, decorrente do roubo de fotos na internet.