BLOG COOPERFORTE
  • Sustentabilidade

Publicado em Sustentabilidade , dia 6 de novembro de 2014

O Brasil recicla seus números

Por: Cooperforte

shutterstock_59171083

Muito se fala sobre os efeitos positivos da reciclagem de materiais e objetos para o meio ambiente, mas esta atividade é também uma importante fonte de renda para famílias e entidades.

Você sabia que o Brasil é campeão mundial na reciclagem de garrafas PET e latas de alumínio, porém aproveita apenas 11% das 170 milhões de toneladas de lixo produzidas diariamente, e que este percentual é cinco vezes menor do que o aproveitado nos países desenvolvidos? Com isto, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea, todo ano a economia brasileira deixa de tirar, dos lixões e aterros, aproximadamente R$ 8 bilhões.

Mesmo ainda sem ser plenamente explorada em nosso país, a atividade “ecoeconômica” da reciclagem apresenta números impressionantes. Veja só:

 

▶ Cerca de 160.000 pessoas vivem exclusivamente da coleta de latas de alumínio e atividades afins

▶ Aproximadamente 15 mil escolas e instituições assistenciais e culturais integram programas permanentes que trocas latas de alumínio por material escolar, cestas básicas e equipamentos eletroeletrônicos, como microcomputadores e copiadoras, entre outros

▶ O Brasil recicla 98% das latas de alumínio, o que em um ano ultrapassa 267 toneladas e 20 bilhões de unidades. Por dia, são 54,1 milhões de latinhas, ou seja, 2,3 milhões por hora.

 

Menos é mais – O processo de reciclagem gasta apenas 5% da energia elétrica e libera apenas 5% de gás de efeito estufa da quantidade processada na produção de alumínio primário, informa o International Aluminium Institute.

 

Sobre a mesma questão, clique e leia também:

▶ Coleta Seletiva é o primeiro passo

▶ O que fazer com o lixo eletrônico?